Candelabro

Livraria Alfarrabista
desde 1952

Candelabro

Livraria Alfarrabista
desde 1952

REF: 17110 Categoria:

RIBEIRO (JOÃO PEDRO) – DISSERTAÇÕES CHRONOLOGICAS E CRITICAS

REF: 17110 Categoria:

RIBEIRO (JOÃO PEDRO) – DISSERTAÇÕES// CHRONOLOGICAS E CRITICAS// SOBRE// A HISTORIA E JURISPRUDENCIA// ECCLESIASTICA E CIVIL// DE PORTUGAL.

Publicadas por ordem// da// ACADEMIA R. DAS SCIENCIAS// DE LISBOA// pelo seu socio// JOÃO PEDRO RIBEIRO.// TOMO I [a TOMO V].

LISBOA// Na Typographia da mesma Academia// Anno 1810 [a 1836]// Com licença de S. ALTEZA REAL. 5 vols. In-8º gr. de VI-404-II + IV-292-II + 220-IV-234-VI + X-226-X-VI-246-VI + II-405-IX págs. Enc.

1ª edição da mais importante obra do historiador João Pedro Ribeiro (1751-1839), completa nos seus 5 volumes (7 tomos), editados ao longo de 26 anos.

Precursor da moderna historiografia, inspirador de Herculano, João Pedro Ribeiro teve o mérito de ser dos primeiros investigadores a “beber” directamente nas fontes, ou seja, nos documentos escritos, introduzindo assim a ciência diplomática (e também a paleografia) no nosso país.

Para os interessados em saber mais, aconselhamos a leitura do seguinte artigo: https://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/6320.pdf

Esta obra monumental compõe-se de 22 estudos ou “dissertações”, a saber:

1.ª Sobre a epocha da conquista de Coimbra, no reinado de D. Fernando I de Leão; com um appendice sobre a existencia do bispo de Coimbra D. Paterno, nos fins do seculo XI;

2.ª Sobre a genuidade da carta de feudo ao mosteiro de Claraval, attribuida ao sr. D. Affonso Henriques: em que incidentemente se trata da outra Carta de Feudo à Sé Appostolica;

3.ª Sobre a Sfragistica Portugueza, ou Tratado sobre o uso dos Sellos no nosso Reino;

4.ª Sobre a epoca da morte do Senhor Conde D. Henrique, Progenitor dos Nossos Soberanos;

5.ª Sobre o idioma, estylo e orthographia dos nossos documentos e monumentos antigos;

6.ª Sobre as datas dos documentos e monumentos da Hespanha, e especialmente de Portugal;

7.ª Sobre o uso do papel sellado nos documentos publicos de Portugal;

8.ª Sobre o uso em Portugal de documentos;

9.ª Sobre os signaes publicos, rubricas, e assignaturas dos documentos;

10.ª Prolegomenos das Instituições de Diplomatica portugueza;

11.ª Sobre a materia dos documentos antigos;

12.ª Sobre a fórma mechanica dos documentos;

13.ª Sobre a formalidade dos documentos antigos, e especialmente dos notarios e tabelliães;

14.ª Sobre as testemunhas nos documentos antigos;

15.ª Sobre a paleographia de Portugal;

16.ª Breves reflexões á Historia chronologica e critica da R. Abbadia de Alcobaça, de Fr. Fortunato de S. Boaventura;

17.ª Ácerca das fontes de que se podem colligir especies sobre a economia das ultimas instancias nas causas civeis e criminaes […];

18.ª Sobre os bispos da diocese do Porto nos fins do seculo X e no seculo XI […];

19.ª Extracto critico-analytico do Chartulario da Sé doPorto, vulgarmente chamado Censual;

20.ª Breves Notas sobre a Resposta de Fr. Fortunato ás Reflexões;

21.ª Sobre a economia dos juizes de primeira instancia no nosso Reino desde o governo dos reis de Leão;

22.ª Indice dos annos em que figuram alguns bispos das nossas dioceses, em discrepancia dos que se lhes tem attribuido

Conjunto em excelente condição, sem qualquer defeito a referir.

Encadernações oitocentistas com lombada e cantos em pele exibindo bonita patine do tempo. Todos os volumes têm ex-libris da rica biblioteca do médico portuense Fernando d’Abreu.

NESTAS CONDIÇÕES, MUITO RARO.

750,00 

Em stock

0
    0
    Carrinho
    O seu carrinho está vazioVoltar à Loja