TEATRO (01.08.2017)
DESCRIÇÃO PREÇO
855

ABRANCHES (ADELINA) - MEMÓRIAS DE ADELINA ABRANCHES
Apresentadas por Aura Abranches.
Lisboa. Edição da Empresa Nacional de Publicidade. 1947. In-4º de 453 págs. Enc.
Obra importante para a história do Teatro português, ilustrada com numerosas fotogravuras em separado. Conta ainda, em folha desdobrável e a cores, com uma caricatura de Amarelhe intitulada "O carnaval dos ídolos", retratando vários actores contemporâneos de Adelina Abranches.
Encadernação antiga com lombada em pele. Capa de brochura conservada.

30,00 €
10257

ALMEIDA (JERÓNIMO DE) - AUTO DE FREI GUALTER
MCMLV [1955]. [Tipografia das Oficinas de S. José. Guimarães]. In-8º de 35-III págs. Br.
Exemplar em bom estado de conservação, valorizado com dedicatória do autor.

12,50 €
10720

ALVELLOS (PEDRO) - À LAREIRA DO PECADO
Peça em 3 actos.
Lisboa. 1946. In-8º de págs. Br.
Título primeiro da colecção "Teatro Novo".
Exemplar por abrir. Tem mancha de humidade que afecta as últimas páginas e a capa posterior da brochura.

12,50 €
9687

AMBROGI (SILVANO) - OS BUROSSÁURIOS
Tradução de Glicínia Quartin.
Edição do Círculo de Cultura Teatral. Porto. 1964. In-8º de 60 págs. Br.
Exemplar em bom estado de conservação.

15,00 €
4488

AZEVEDO (J. EUSTACHIO DE)[JACQUES ROLLA] - A IRMÃ CELESTE
Drama em 4 actos, extrahido do romance de egual título, de Vieira da Costa, illustre romancista portugues. (Ensaios dramaticos).
Livraria Carioca-Editora de J. A. Teixeira Pinto. Pará-Belem. 1916. In-8º de 177-III págs. Br.
Primeira edição desta obra de Eustachio de Azevedo (1867-1943), escritor e poeta brasileiro.
Exemplar em bom estado de conservação; apresenta alguma normal acidez em todo o volume.

20,00 €
1026

BOIADZHIEV (G. N.), DZHIVELEGOV (A.) & IGNATOV (S.) - HISTÓRIA DO TEATRO EUROPEU
(desde a idade média até aos nossos dias). Tradução, Prefácio, Notas e Resenha sobre o Teatro em Portugal por Rogério Paulo. Apêndice de Carlos Villiers.
Prelo. Lisboa. 1960. 2 volumes. In-4º de 531-V e IV-545 a 1009-II págs. Enc.
Obra de referência, ilustrada com muitas estampas em folha à parte.
Óptimas encadernações editoriais em inteira de carneira vermelha, gravadas a ouro nas lombadas e nas pastas.
Excelentes exemplares.

125,00 €
1603

BRAGA (VICTORIANO) - INIMIGOS
Comédia em três actos.
Lisboa. J. Rodrigues & Cª. 1927. In-8º de 151-I págs. Br.
Primeira edição.
Victoriano Braga (1888-1940) começou por ganhar notoriedade com dramas que incidem sobre a crítica social e de costumes. Grande parte da sua produção teatral foi levada à cena, sempre com êxito.

10,00 €
7744

BURITY (BRAZ) [JOAQUIM MADUREIRA] - IMPRESSÕES DE THEATRO
(Cartas a um provinciano & notas sobre o joelho) 1903-1904.
Lisboa. Ferreira & Oliveira, Ldª, Editores. 1905. In-8º de XV-495-I págs. Enc.
"180 Caricaturas de: Abeillé - Amye - André Gill - Arnaldo Ressano - Bordallo Pinheiro (Raphael & M. Gustavo) - Capiello - Caran d'Ache - Carlos Leal - Celso Herminio - Felix Valloton - Francisco Teixeira - Giraud - Henri Heran - Jean Veber - Jorge Colaço - José Leite - Julião Machado - Leal da Camara - Leandre - Losques - Nadar - Robert - Sam - Voigt - Zim, etc., etc."
Primeira edição desta interessantíssima obra sobre o panorama teatral do início do século XX.
Encadernação editorial em sintético.
Exemplar em bom estado de conservação, com alguns sinais de manuseamento e da idade. Pág. 95/96 com defeito de impressão mas que não prejudica a leitura.
INVULGAR.

40,00 €
10542

CABRAL (ANTÓNIO) - A LINHA E O NÓ
Teatro.
Centelha. Coimbra. 1977. In-8º peq. de 94-II págs. Br.
Título quinto da estimada série "Teatro - Nosso Tempo".
Bom exemplar.

15,00 €
1698

CAMARGO (JORACY) - MARIA CACHUCHA
Comédia em 6 quadros.
1940. Zélio Valverde Livreiro - Editor. Rio [de Janeiro]. In-8º peq. de 168 págs. Enc.
Encadernação em material sintético verde com dizeres a ouro na lombada. Não conserva a capa de brochura.
Estreou no Rio de Janeiro, em 1940, inaugurando o Teatro Serrador.
Primeira edição, invulgar.

20,00 €
2488

CAMARGO (JORACY) - O SÁBIO
Peça em três atos.
Livraria Editora Zelio Valverde. Rio. 1945. In-8º de 157-II págs. Enc.
Encadernação inteira em sintético; conserva a capa de brochura mas está aparado por inteiro.
Título publicado na série "Teatro de Joracy Camargo".

10,00 €
9943

CARVALHO (COELHO DE) - CASAMENTO DE CONVENIENCIA
Peça de 4 actos representada no Theatro de D. Maria II.
Lisboa. Livraria Clássica Editora de A. M. Teixeira. 1904. In-8º de XCVIII-II-234-II págs. Br.
Exemplar em muito razoável estado geral de conservação apesar de as capas da brochura e as primeira e última folhas apresentarem acidez acentuada. Antiga assinatura de posse na capa anterior.

15,00 €
6355

CASTILHO (ANTÓNIO FELICIANO DE) - FAUSTO
Theatro de Goethe. Tentativa unica. Poema dramatico. Transladado a portuguez.
Porto. Viuva Moré-Editora. MDCCCLXXII [1872]. In-8º de XVI-415 págs. Enc.
1ª edição da célebre e polémica tradução de "Fausto", por Feliciano de Castilho.
Elegante encadernação com lombada em pele. Não conserva as capas da brochura e está ao de leve aparado e carminado à cabeça.
Em bom estado de conservação.
INVULGAR.

50,00 €
6287

CASTILHO (ANTÓNIO FELICIANO DE) - O AVARENTO
Theatro de Moliére. Quarta tentativa. Comedia em 5 actos. Versão liberrima seguida de um parecer pelo ill. exmº Sr. José da Silva Mendes Leal.
Lisboa. Por ordem e na Tipographia da Academia Real das Sciencias. 1871. In-8º de 441-III págs. Enc.
Encadernação antiga com lombada e cantos em pele; conserva ambas as capas da brochura e está ligeiramente aparado por inteiro e carminado à cabeça.
Exemplar em bom estado de conservação, exibindo alguma normal acidez. As capas têm alguma sujidade.
INVULGAR.

30,00 €
6302

CASTILHO (ANTÓNIO FELICIANO DE) - O MEDICO Á FORÇA
Theatro de Moliére. Terceira tentativa. Comedia à antiga. Transladada liberrimamente da prosa original a redondilhas portuguezas. Representada pela primeira vez em Lisboa no theatro da Trindade aos 2 de Janeiro de 1869 e seguida de um parecer (...).
Lisboa. Por ordem e na Tipographia da Academia Real das Sciencias. 1869. In-8º de 254 págs. Enc.
Encadernação antiga com lombada e cantos em pele; conserva ambas as capas da brochura e está ligeiramente aparado por inteiro e carminado à cabeça.
Exemplar em bom estado de conservação, exibindo alguma normal acidez ocasional. A lombada da encadernação em pele exibe algumas falhas.
INVULGAR.

30,00 €
6284

CASTILHO (ANTÓNIO FELICIANO DE) - O MISANTHROPO
Theatro de Moliére. Quinta tentativa. Comedia em 5 actos. Versão liberrima.
Lisboa. Por ordem e na Tipographia da Academia Real das Sciencias. 1870. In-8º de XX-IV-233 págs. Enc.
Encadernação antiga com lombada e cantos em pele; conserva ambas as capas da brochura e está ligeiramente aparado por inteiro e carminado à cabeça.
Exemplar em bom estado de conservação, exibindo alguma normal acidez. As capas estão em excelente estado.
INVULGAR.

30,00 €
6767

CASTRO (D. JOÃO DE) - O MARQUÊS DE CARRICHE
Comédia de costumes, tipos e figuras lisboétas, em 3 actos. Representada pela primeira vez no Teatro Nacional de Lisbôa em 26 de Novembro de 1927.
Lisbôa. J. Rodrigues & Cª - Editores. MCMXXVII [1927]. In-8 de 115 págs. Br.
1ª edição.
Exemplar em bom estado de conservação mas exibindo acentuada acidez generalizada.

10,00 €
9287

CENTENO (Y. K.) - SAUDADES DO PARAÍSO
[peça em Um Acto].
Moraes Editores. S/d [1978?]. In-8º peq. de 23-I págs. Br.
"Original preparado para a Rádio por encomenda da Secretaria de Estado da Cultura em 1978".
Em bom estado de conservação.

10,00 €
9050

CENTENO (Y. K.) - TEATRO ABERTO
Edições Ática. Lisboa. 1974. In-8º de 183 págs. Br.
1ª edição, com capa de Vitor Simões.
Em bom estado de conservação.

15,00 €
10625

CORREIA (NATÁLIA) - D. JOÃO E JULIETA: ROSTOS DE NARCISO
Peça em 3 actos. Prefácio de Armando Nascimento Rosa.
Sociedade Portuguesa de Autores/ Publicações Dom Quixote. Lisboa. 1999. In-8º de 113-III págs. Br.
"Surpresa maior nos destinou Natália Correia com esta sua secreta peça póstuma, por ela confiada a João Mota e à Comuna, para um dia - este que agora chegou - conhecer a materialização cénica e a receptividade dos espectadores".
1ª edição póstuma desta produção dramatúrgica nataliana, datada de 1957/58.
Exemplar como novo.

25,00 €
9228

CRUZ (DUARTE IVO) - INTRODUÇÃO À HISTÓRIA DO TEATRO PORTUGUÊS
Lisboa. Guimarães Editores. 1983. In-8º de 229-III págs. Br.
Plano da obra: Os esboços pré-vicentinos; Gil Vicente, o que faz os autos a El Rei; O teatro pré-vicentino; Renascimento e teatro; Pausa neo-latina; A luta pela sobrevivência teatral; Dualidade do século XVIII; Os séculos XIX e XX.
Em bom estado de conservação.

15,00 €
9998

CRUZ (DUARTE IVO) - INTRODUÇÃO AO TEATRO PORTUGUÊS DO SÉCULO XX
(Seguido de um Antologia).
Espiral. Lisboa. S/d. In-8º gr. de 195-XI págs. Br.
Alguns dos autores estudados: D. João da Câmara, Júlio Dantas, Raúl Brandão, António Patrício, Teixeira de Pascoaes, Fernando Pessoa, Almada Negreiros, António Ferro, Alfredo Cortez, Ramada Curto, Joaquim Paço d'Arcos, Fernanda de Castro, Alves Redol, Branquinho da Fonseca, Miguel Torga, José Régio, Jorge de Sena, Bernardo Santareno, etc.
Bom exemplar.

20,00 €
7709

CRUZ (MARQUES DA) - FREI LUIZ DO CORAÇÃO DE MARIA
Peça em 1 acto, em verso, representada pela primeira vez no "Theatro-circo da Beira" da cidade da Guarda, em 9 de Maio de 1912.
Coimbra. Imprensa da Universidade. 1912. In-8º de 23-III págs. Br.
Exemplar em bom estado de conservação, com alguns sinais do tempo, valorizado com dedicatória do autor.

10,00 €
4225

CURTO (RAMADA) - A BONECA E OS FANTOCHES
Peça em 3 actos. Representada pela primeira vez no Teatro Nacional em 18 de Janeiro de 1930.
1930. J Rodrigues & Cª-Editores. Lisboa. In-8º de 228-I págs. Br.
Trata-se de uma das mais representativas peças de Ramada Curto (1886-1961), aqui em primeira edição.
Exemplar em bom estado de conservação com alguns, poucos, picos de acidez nas capas da brochura.

15,00 €
4322

CURTO (RAMADA) - A CADEIRA DA VERDADE
Comédia em 3 actos.
1932. J. Rodrigues & Ca.-Editores. Lisboa. In-8º de 220-IV págs. Br.
Primeira edição.
Bom exemplar.

15,00 €
4226

CURTO (RAMADA) - A NOITE DO CASINO
Peça em 3 actos. Representado pela primeira vez no Teatro do Gymnasio em 1926.
1930. J Rodrigues & Cª-Editores. Lisboa. In-8º de 183-I págs. Br.
Exemplar com o miolo excelente e as capas da brochura com pequenos sinais de manuseamento.

15,00 €
4229

CURTO (RAMADA) - COLOMBINA E O TELEFONE
Peça fantástica, em 3 actos e 1 prólogo, representada pela 1ª vez em 18 de Janeiro de 1940, no Teatro da Avenida, pela Companhia Teatral Portuguesa. 3 Actos.
Editor - J. Roussado dos Santos. Lisboa. 1940. In-8º peq. de 92-IV págs. Br.
Título publicado na "Colecção de Teatro Português".
Exemplar em bom estado de conservação, com antiga assinatura de posse na 3ª página.

10,00 €
4224

CURTO (RAMADA) - O HOMEM QUE SE ARRANJOU. TRES GERAÇÕES.
Peça em um Prólogo e tres actos. Comédia em um acto.
Lisboa. J. Rodrigues & Ca., Editores. 1931. In-8º de 225-II págs. Br.
Exemplar em bom estado de conservação.

10,00 €
4227

CURTO (RAMADA) - O SAPO E A DONINHA
Peça em 3 actos.
1930. J Rodrigues & Cª-Editores. Lisboa. In-8º de 183-I págs. Br.
Primeira edição.
Exemplar com o miolo excelente e as capas da brochura com algumas imperfeições e picos de acidez.

10,00 €
4321

CURTO (RAMADA) - RECOMPENSA
Peça em 3 actos.
Edição da Emprêsa Nacional de Publicidade. Lisboa. In-8º de 179 págs. Br.
Primeira edição de uma mais estimadas peças de Ramada Curto (1886-1961).
Bom exemplar.

15,00 €
4914

DANTAS (JÚLIO) - A CEIA DOS CARDEAES. [& D. BELTRÃO DE FIGUEIRÔA]
[Comédia ingénua ao gosto do século XVII].
Lisboa. Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão. 1902. In-8º peq. de 36 págs. Enc. [& Lisboa. Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão. 1902. In-8º peq. de 51 págs. Enc.]
Trata-se de duas das mais conhecidas e estimadas obras de Júlio Dantas, ambas de 1902, encadernadas em um só volume. "A ceia dos cardeaes" é da 5ª edição, saída no mesmo ano da 1ª (1902) e "D. Beltrão de Figueirôa" é da 1ª edição.
Encadernação em tecido. Não conserva as capas das brochuras e está ligeiramente aparado por inteiro.
Exemplar em muito razoável estado de conservação; algumas das primeiras folhas estão parcialmente soltas.

20,00 €
4258

DANTAS (JÚLIO) - A CEIA DOS CARDEAIS
Peça em um acto, em verso, representada pela primeira vez no antigo teatro D. Amélia, em 28 de Março de 1902. Ilustrações de Alberto Souza.
Livraria Clássica Editora. A. M. Teixeira & Cª (filhos). Lisboa. 1951. In-4º de 44 págs. inums. Br.
Bela edição da mais célebre obra de Júlio Dantas, primorosamente ilustrada a cores por Alberto Souza.
Exemplar em razoável estado de conservação; o miolo está impecável mas as capas da brochura apresentam sujidade e acidez.

25,00 €
6945

DANTAS (JÚLIO) - FREI ANTÓNIO DAS CHAGAS
Peça em 4 actos, representada pela primeira vez no Teatro nacional de D. Maria II em 12 de Março de 1947.
1947. Livraria Lello & Irmão - Editores. Porto. In-8º de 185-I págs. Br.
1ª edição.
Exemplar com alguns sinais de manuseamento, em muito razoável estado de conservação. Tem pequena falha de papel na parte superior da lombada.

10,00 €
10921

DANTAS (JÚLIO) - O QUE MORREU DE AMOR
Segunda edição. Peça em quatro actos, representada pela primeira vez no theatro D. Amélia, em 5 de Janeiro de 1899.
Lisboa. Livraria Editora Viuva Tavares Cardoso. 1904. In-8º de 141-III págs. Enc.
Encadernação antiga com lombada e cantos em pele. Não conserva as capas da brochura e está ligeiramente aparado por inteiro.
Em bom estado geral de conservação; antiga assinatura de posse na pág. 141.

10,00 €
9610

DANTAS (JÚLIO) - OUTONO EM FLOR
Comédia em 3 actos representada pela primeira vez no Teatro Nacional de D. Maria II em janeiro de 1949.
1949. Livraria Lello & Irmão, Editores. Porto. In-8º de 188 págs. Enc.
1ª edição.
Encadernação elegante e muito sóbria, inteira em pele, com o corte das folhas brunido a ouro. Mantém as capas da brochura.
Exemplar em bom estado de conservação apresentando ínfimos sinais do tempo.

30,00 €
10920

DANTAS (JÚLIO) - PAÇO DE VEIROS
Peça em três actos, representada pela primeira vez no theatro D. Amélia, em 28 de Fevereiro de 1903.
Lisboa. Livraria Editora Tavares Cardoso & Irmão. 1903. In-8º de 108 págs. Enc.
1ª edição.
Encadernação antiga com lombada e cantos em pele. Não conserva as capas da brochura e está ligeiramente aparado por inteiro.
Em bom estado de conservação, apresentando ocasionais manchas de acidez.

15,00 €
10254

DANTAS (JÚLIO) - SÓROR MARIANA
Peça em 1 acto, representada pela primeira vez, com grande sucesso, em Lisbôa, no teatro do Gimnásio Dramático, na noite de 21 de Outubro de 1915, e em Barcelona no teatro Roméa, na noite de 26 de Abril de 1920.
Lisboa. Portugal-Brasil Sociedade Editora Arthur Brandão & Cª. S/d. In-8º peq. de 47 págs. Br.
Quarta edição.
Exemplar em bom estado de conservação.

7,50 €
9054

DUAS SURDAS
Comédia em 1 acto. (Arranjo e Música do Cón. Pereira da Rocha).
Tip. Editorial Franciscana. Braga. 1966. In-8º de 49-VII págs. Br.
Exemplar em bom estado de conservação, exibindo alguns normais sinais do tempo; as últimas 4 folhas têm ínfima falha no canto superior direito sem qualquer prejuízo da mancha impressa.

10,00 €
4966

FERREIRA (IZIDORO SABINO) - FORA D'HORAS
Comedia em 1 acto. Imitação. Representada no Theatro da Trindade com grande sucesso. 3ª edição.
Livraria Popular de Francisco Franco. Lisboa. [1931]. In-8º de 15-I págs. Br.
Título nº 70 da "Biblioteca Dramatica Popular".
Ao que parece Izidoro Sabino Ferreira (1828-1876) foi um popular actor de teatro, tendo escrevido ainda algumas peças e um livro de memórias.
Exemplar manuseado, com carimbo no frontispício e manchas antigas de humidade que afectam todo o volume.

7,50 €
11164

FIGUEIREDO (ANTERO DE) - COMICOS
Novellas de theatro.
Lisboa. Livraria Ferreira - Editora. 1908. In-8º de 263 págs. Enc.
1ª edição, pouco vulgar.
Encadernação editorial em percalina com dourados na lombada. Mantém as capas da brochura.
Exemplar em bom estado geral de conservação, apresentando normais sinais do tempo. Dourados da lombada um pouco desvanecidos e assinatura de posse no frontispício.

20,00 €
2568

FONSECA (BRANQUINHO DA) - TEATRO
A GRANDE ESTRÊLA - Parábola em nove episódios; CURVA DO CÉU - poema em um acto; RÃS - apólogo em um acto; QUATRO VIDAS - apontamento para uma peça.
[Tip. da "Atlântida". Coimbra. S/d - 1939]. In-8º de 109-III págs. Br.
É um dos primeiros livros do autor, publicado sob o pseudónimo de António Madeira.
Primeira edição. Pouco vulgar.
Exemplar em óptimo estado de conservação, ainda por abrir.

40,00 €
4325

GONÇALVES (VALDEMAR DA ASSUNÇÃO) - TEATRO POPULAR MIRANDÊS
Instituto de Desenvolvimento Social. Lisboa. 2002. In-8º de 57 págs. Br.
Título publicado na colecção "Léngua i Cultura Mirandesa".
Ilustrado com várias fotografias a cores.
Exemplar em bom estado de conservação mas com pequena falha de papel na lombada.

7,50 €
10478

HENRIQUES (BALTASAR) - AVANTE
Episódio dramático em verso e prosa. Com dois quadros.
[Tipografia Liberty. Mafra]. MCMXVI [1916]. In-8º de 16 págs. Br.
Peça teatral de forte cariz nacionalista, composta por ocasião da participação portuguesa na 1ª Grande Guerra.
INVULGAR.

15,00 €
10116

JANEIRO (ARMANDO MARTINS) - O TEATRO DE GIL VICENTE E O TEATRO CLÁSSICO JAPONÊS
Portugália Editora. 1967. In-8º de 278-VI págs. Br.
Título 17º da "Colecção PROBLEMAS".
Exemplar com o miolo em bom estado de conservação; as capas da brochura apresentam as habituais manchas características desta edição.
Pouco vulgar.

20,00 €
10931

LIMA (DUARTE) - SE EU SOUBERA ESCREVER....
Diálogo lírico sobre uns versos de CampoAmor. Por Duarte Lima. Ilustrações de Antonio Lima.
Magalhães & Moniz, Ldª Editores. Porto. [1917]. In-4º peq. de XXI-III págs. Br.
Obra primorosamente impressa a três cores, com bonitas ilustrações em todas as páginas.
Exemplar com vestígios de humidade na parte inferior, já muito desvanecidos.
INVULGAR.

25,00 €
9528

LIVRAGA (JORGE ANGEL) - A TRAGÉDIA GREGA
O Teatro Mistérico na Grécia.
Edições Nova Acrópole. Lisboa. 1998. In-8º de 143 págs. Br.
Exemplar como novo.

10,00 €
6318

LYONNET (HENRI) - LES COMÉDIENNES
La vie au dix-huitiéme siécle. Par... Nombreuses reproductions de tableaux ou dessins de l'époque.
Éditoins Marcel Seheur. A Paris. [1930]. In-4º de 129-IX págs. de texto e 33 flhs. de estampas. Br.
Título publicado na colecção "La vie au dix-huitiéme siécles", nº 4, numa tiragem de 1850 exemplares numerados (ex. nº 86) e ilustrado com 66 estampas impressas em folhas à parte.
O autor, Henry Lyonnet (1853-1933), foi um escritor francês especialmente conhecido pelos seus trabalhos sobre a história do teatro em França.
Exemplar em bom estado de conservação.

30,00 €
6467

MACHADO (JÚLIO CÉSAR) - OS THEATROS DE LISBOA
Illustrações de RAPHAEL BORDALLO PINHEIRO.
Lisboa. Livraria Editora de Mattos Moreira & Cª. 1875. In-8º de 236 págs. Br.
Trata-se de uma das mais estimadas e procuradas obras de César Machado, aqui na sua rara primeira edição. Referências aos principais teatros de Lisboa - S. Carlos, D. Maria e Trindade-, artistas da época, peças em voga, etc., tudo isto enriquecido com várias dezenas de fantásticas ilustrações de Bordalo Pinheiro.
Encadernação antiga com bonita lombada em pele; não conserva as capas da brochura e está ligeiramente aparado.
Exemplar manuseado com vestígios de humidade e alguma normal acidez. A pág. 30 tem pequeno furo que não prejudica a leitura do texto.

40,00 €
5043

MAIA (CARLOS SAMPAIO) - A SOLUÇÃO FINAL
(Peça em 2 actos).
Coimbra Editora, Limitada 1972. In-8º de 132 págs. Br.
Exemplar inteiramente por abrir. Inclui cartão de visita do autor, com dedicatória.

15,00 €
1406

MARÍAS (MIGUEL) - MANUEL MUR OTI. LAS RAICES DEL DRAMA. MANUEL MUR OTI. AS RAÍZES DO DRAMA.
Seguido de autobiografia por manuel Mur Oti.
Edição da Cinemateca Portuguesa. Lisboa. 1992. In-4º de 234-IV págs. Br.
Introdução de João Bénard da Costa.
Ilustrado com várias dezenas de fotografias.

12,50 €
1792

MARTINHO (VIRGILIO) - 1383
Texto teatral baseado na Crónica de D. João I de Fernão Lopes. Colaboração de Ildefonso Valério.
Editorial Caminho. Lisboa. 1977. In-8º de 163-IV págs. Br.
Com pequena rúbrica de posse na primeira página em branco.
Primeira edição. Pouco vulgar.

20,00 €
9165

MENDES (ORLANDO) - UM MINUTO DE SILÊNCIO
Teatro.
Edição do "Notícias da Beira, S.A.R.L." Beira [Moçambique]. [1970]. In.8º de 262-II pags. Br.
Título publicado na colecção "Prosadores de Moçambique", com capa de José Pádua.
Orlando Mendes (1916-1989) nasceu na Ilha de Moçambique e faleceu em Maputo. Era biólogo de formação e foi autor de numerosa bibliografia nos campos da poesia, romance, ensaio, teatro, etc.
Exemplar em bom estado de conservação, apresentando alguns normais sinais do tempo e pequenas manchas na capa posterior da brochura. Sem a primeira folha em branco.
INVULGAR.

15,00 €
9181

MENDES (ORLANDO) - UM MINUTO DE SILÊNCIO
Teatro.
Edição do "Notícias da Beira, S.A.R.L." Beira [Moçambique]. [1970]. In.8º de 262-II pags. Br.
Título publicado na colecção "Prosadores de Moçambique", com capa de José Pádua.
Orlando Mendes (1916-1989) nasceu na Ilha de Moçambique e faleceu em Maputo. Era biólogo de formação e foi autor de numerosa bibliografia nos campos da poesia, romance, ensaio, teatro, etc.
Exemplar em bom estado de conservação, inteiramente por abrir.
INVULGAR.

25,00 €
9512

MESQUITA (MARCELLINO) - MARGARIDA DO MONTE
Peça em quatro actos. Episódio cortezão da primeira metrade do seculo XVIII.
Lisboa. "A EDITORA". 1910. In-8º gr. de 115 págs. Enc.
1ª edição de uma das últimas peças escritas por Marcelino Mesquita (1856-1919), dramaturgo, autor de vasta bibliografia e que conheceu grande popularidade no seu tempo.
Em bom estado de conservação. Não conserva as capas da brochura.

15,00 €
6192

MESQUITA (MARCELLINO) - O REGENTE
Tragedia historica em doze quadros. Theatro de Marcellino Mesquita. 4ª edição
Lisboa. J. Rodrigues & cª, Editores. 1914. In-8º de 164-IV págs. Enc.
Obra ilustrada ao longo do texto e em folhas à parte, com curiosas estampas.
Encadernação editorial em sintético, decorada a ouro na lombada e em ambas as pastas.
Exemplar em bom estado de conservação; tem vestígios de antiga assinatura de posse no frontispício, que foi rasurada quase totalmente.

15,00 €
3047

MIYAKE (SYUTARO) - KABUKI DRAMA
Tourist Library: 23
Board of Tourist Industry. Japanase Government railways. S/d [1938?]. In-8º de 71-I págs. Br.
Bonito livrinho, de estética peculiar, sobre o teatro japonês. Ilustrado.
Exemplar como novo.

15,00 €
5277

MONTEIRO (LUÍS DE STTAU) - PEÇAS EM UM ACTO. I. A GUERRA SANTA. A ESTÁTUA
Com uma nota explicativa.
S/ editor. S/d. In-8º de 141-III págs. Br.
Trata-se da 2ª edição, clandestina, editada após a 1ª edição ter sido retirada pela censura da época. Uma vez que é uma obra de vulgaríssimo aparecimento no mercado, parece não ter sido assim tão censurada....
Exemplar manuseado, em muito razoável estado de conservação.

10,00 €
11104

MOTA (ANRIQUE DA) - FARSA DO ALFAIATE
Uma das mais antigas peças do Teatro Português. Seu autor: ANRRIQUE DA MORA. Agora prefaciada e anotada por J. LEITE DE VASCONCELLOS.
Edição da "Lusitania". MCMXXIV (1924). In-8º de 49-III págs. Br.
Do site do JL, da autoria de Silvina Pereira, com a devida vénia, passamos a transcrever:

"Anrique da Mota é nome de um dos poetas mais conhecidos do Cancioneiro Geral (1516), cuja maior contribuição foi ter deixado cinco textos dramáticos: Lamentação (ou Pranto) do Clérigo; Farsa do Alfaiate; Farsa do Hortelão, Lamentação da Mula e Processo de Vasco Abul.

"Terá nascido no Bombarral, entre 1470 e 1480, e no Museu Municipal dessa cidade existe actualmente uma sala dedicada ao dramaturgo. Formado em Direito, foi escudeiro do rei D. Manuel em 1499 e exerceu as funções de juíz dos Orfãos em Óbidos, tendo falecido em data posterior a 1545. Como "escrivão da corte" o seu nome encontra-se ligado a numerosos documentos, alguns dos quais importantes para a história do teatro português, como seja a carta de privilégio para Baltazar Dias, dramaturgo cego da Ilha da Madeira, redigida em Évora, a 20 de Fevereiro de 1537. Filho de uma família possuidora de "vinhas, pomares e pinhais", foi ele próprio comerciante de vinhos e na sua obra o tema do vinho encontra-se no Pranto do Clérigo e em diversas trovas.

"Venhamos então ao teatro e à louvável intenção feita por alguns estudiosos de prestar justiça aos seus dons dramáticos. J. Leite de Vasconcelos, na Revista Lusitania, em 1924, publicou a Farsa do Alfaiate, considerando-a "uma das mais antigas peças do teatro português", estranhando que até então nenhum dos historiadores houvesse reparado na dramaticidade orgânica das trovas, ao mesmo tempo que abria caminho para que a restante produção dramática de Anrique da Mota fosse abordada sob esse ponto de vista.

"A. Crabé Rocha, no Bulletin d'Histoire du Théâtre Portugais, em 1951, refere-se à recepção feita a Anrique da Mota, lamentando que, embora Rodrigues Lapa houvesse mostrado "le caractere incontestablement théâtral" da sua contribuição no Cancioneiro Geral, essa apreciação não tinha sido ainda suficiente para o inscrever como dramaturgo, já que "Le silence et l'ombre couvrirent de nouveau la tombe de celui qui semblait avoir ressuscité."

"Crabé Rocha foi uma das vozes femininas mais estimulantes de meados do século passado. Professora e ensaísta, portuguesa por adopção (mulher do poeta Miguel Torga), fez-se aqui advogada a favor dos "esboços dramáticos" do magistrado dramaturgo, cuja causa se afigura digna de toda a defesa, reclamando justiça literária para essa obra. Se também para Crabé Rocha, Gil Vicente é, indubitavelmente, a grande montanha da dramaturgia portuguesa, quanto a si, ela não se eleva sózinha na planície e, por isso, não deixa de fazer sentido, colocar aos seus pés um pequeno monte, constituído pelos diálogos dramáticos de Anrique da Mota, pois, segundo ela: "Son esprit est critique, concret, observateur, propre a retenir de la vie ses aspects pittoresques, flagrants, théâtraux. Et sa place serait la fosse commune de la multitude de rimeurs du C. G. , n'était sa vocation d'auteur comique."

"É de referir que para A. Crabé Rocha o teatro português é "terra incógnita", oferecendo-nos imagens sugestivas sobre esse deserto, cuja aridez provém em grande medida das deficiências do saber histórico-literário. A solidão de Gil Vicente deve-se ao seu mérito mas também ao relativo desconhecimento de outros dramaturgos coevos. Por isso, assumiu a missão de povoar a aridez do terreno, resgatando do vazio o maior número de dramaturgos.

"Para Crabé Rocha os exemplos dramáticos de A. da Mota no Cancioneiro Geral documentam a passagem sub-reptícia do género poético ao género dramático. E não deixa de assinalar o facto curioso de que a noção de que existiam no Cancioneiro autênticas farsas representáveis, desapareceu do espírito do público e mesmo dos estudiosos. Como se não se conseguisse reconhecer que nos encontramos em presença de teatro e não de poesia. Veja-se a propósito dos reflexos teatrais presentes no Cancioneiro Geral, o relato do embaixador espanhol Ochoa de Ysasaga sobre a festa espectacular realizada a 25 de Dezembro de 1500, publicado por Luiz Francisco Rebello no Primitivo Teatro Português.

"No Processo de Vasco Abul, em que Gil Vicente também intervém com um curioso parecer, Anrique da Mota desempenha o papel de juiz, tal como o fazia na vida. Os "processos dramatizados" que muito favor gozaram no teatro espanhol, como ainda na dramaturgia vicentina (recordem-se A Romagem dos agravados e O Juíz da Beira por exemplo) ou o Auto de Florença de João Escobar, mostram como o facto de pôr em cena um tribunal permite revelar melhor a comédia da vida.

"A relação entre o vinho e o clero é um dos temas tratados por Anrique da Mota e o seu Pranto do Clérigo tem graça e engenho jocoso e satírico. A situação é muito teatral, pois o clérigo sentindo-se órfão depois do vinho derramado, partilha a sua dor maldizendo o mundo e as gentes, primeiro à criada negra com quem vive em mancebia e, mais propriamente, à pipa que tão incautamente fez derramar a "rosa" da sua vida. Junta-se ao seu carpir outro vigário, e o entremez termina com um lamento inconsolável. Neste Pranto se chora a perda do "Caparica", vinho também nomeado e cantado em obras como, o Pranto da Maria Parda, a Comedia Ulysippo de Jorge Ferreira de Vasconcelos, e o Banquete dado na Índia de Luís de Camões.

"Pelos seus diálogos dramáticos, Anrique da Mota chegou a ser considerado como um precursor de Gil Vicente, uma ideia pugnada por Leite de Vasconcelos, seguida por Crabé Rocha e outros, até que Eugenio Asensio declarou que, pelo contrário, a cronologia "sugiere que el precursor fué Gil Vicente". No entanto, para Crabé Rocha, que acreditava na teatralidade de alguns destes textos, a verdadeira prova do teatro é o palco, e essa foi superada em 1993, quando o Teatro da Cornucópia apresentou o espectáculo A Mula, O Clérigo, O Alfaiate e Mais Lamentações.

"A história de Inês, símbolo e mito do Amor, foi celebrada por cronistas, poetas e dramaturgos, como Jorge Ferreira de Vasconcelos, Camões e António Ferreira. Em meados do século XX, Eugenio Asensio descobriu em Évora, (no fundo da Biblioteca da Manizola) uma "Carta sobre a morte de Inês de Castro", de Anrique da Mota, dirigida ao Rei D. João III em 1528, onde os elementos narrativo, lírico e dramático se entrelaçam. Devido a esta carta ou Visão de Inês de Castro, Anrique da Mota foi justamente incluído por Asensio (1959) e por Jorge de Sena (1963), no número dos escritores que trataram o tema. E se Anrique da Mota não chegou a atingir a intensidade das Trovas à morte de Inês de Castro de Garcia de Resende, ofereceu-nos em contrapartida uma cena do encontro entre Pedro e Inês moribunda, tão inesperada quanto rica em possibilidades dramáticas".

Exemplar em muito bom estado de conservação, inteiramente por abrir.
INVULGAR.

30,00 €
10120

MUSSET (ALFRED DE) - NÃO SE BRINCA COM O AMOR
Seguido de OS CAPRICHOS DA MARIANNE. Teatro.
Edições Cotovia. Lisboa. 2011. In-8º de 113-VII págs. Br.
Edição portuguesa de dois de duas das mais emblemáticas peças teatrais de Alfred de Musset (1810-1857), originalmente publicadas em, repectivamente, 1834 e 1833, com os títulos de "On se badine pas avec l'amour" e "Les caprices de Marianne"
Bom exemplar.

10,00 €
1018

NEVES (AZEVEDO) - AUGUSTO ROSA
Discurso pronunciado na sessão do Senado da Exma. Camara Municipal de Lisboa, em 13 de Novembro de 1923.
Lisboa. 1923. In-8º de 14-IV págs. Enc.
Com um retrato do actor reproduzido de um desenho de Roque Gameiro.
Tiragem limitada a 300 exemplares numerados (ex. nº 279) e rubricados pelo autor.
Bela encadernação com lombada em pele gravada com finíssimos e delicados ferros a ouro.
Só ligeiramente aparado à cabeça e com as capas de brochura conservadas.
Vestígios de dobra no canto inferior direito de todas as folhas.

25,00 €
6233

NEVES (JOAQUIM PACHECO) - O CONDE-DUQUE DE OLIVARES
Drama em três actos.
Edições SER. 1981. In-8º de 149-III págs. Br.
Exemplar como novo, inteiramente por abrir, e conservando a cinta original relativa ao "Prémio Ricardo Milheiros da Academia das Ciências de Lisboa, 1980" que a obra ganhou.

15,00 €
9226

O TEXTO E O ACTO
32 anos de Teatro (1968-2000). Simpósio organizado pela FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN em colaboração com a FUNDAÇÃO DA CASA DA MATEUS. Casa de Mateus, 26-28 de Abril de 1984.
Fundação Calouste Gulbenkian. Serviço de Belas-Artes. Lisboa. [1988]. In-8º gr. de 206-II págs. Br.
Textos de, entre muitos outros, Fernando de Albuquerque, José Barata, Orlando Garcia, Colette Godard, Jorge Listopad, Luiz-Francisco Rebello e Carlos Wallenstein.
Exemplar em bom estado de conservação.

12,50 €
7529

PINHEIRO (CHABY) - MEMORIAS DE CHABY
Transcritas e coordenadas por Tomaz Ribeiro Colaço e Raúl dos Santos Braga. Letra inicial de Fernando Bento.
1938. Editora Gráfica Portuguesa, Limitada. Lisboa. In-4º de 220-VIII págs. Br.
Memórias de um dos maiores vultos de sempre do teatro português, António Augusto de Chaby Pinheiro (1873-1933).
Obra ilustrada com várias fotografias do actor em algumas das suas mais notáveis criações.
Edição de 2000 exemplares numerados e assinados (ex. nº 810).
Bom exemplar; apresenta alguma normal acidez e tem antiga assinatura de posse no frontispício.

25,00 €
11194

PINHEIRO (CHABY) - MEMÓRIAS DE CHABY
Transcritas e coordenadas por Tomaz Ribeiro Colaço e Raúl dos Santos Braga. Letra inicial de Fernando Bento.
1938. Editora Gráfica Portuguesa, Limitada. Lisboa. In-4º de 220-VIII págs. Br.
Memórias de um dos maiores vultos de sempre do teatro português, António Augusto de Chaby Pinheiro (1873-1933).
Obra ilustrada com várias fotografias impressas à parte, do actor em algumas das suas mais notáveis criações.
Edição de 2000 exemplares numerados e assinados (ex. nº 1828).
Exemplar em bom estado geral de conservação, apresentando alguns sinais do tempo e de manuseamento. Vestígios de dobras nos cantos de algumas das folhas.

20,00 €
4092

PINTO (MANUEL MAIA) - O ACORDO
Farsa em três actos.
1957. Tip. J. R. Gonçalves, Limitada. Porto. In-8º de 90-IV págs. Br.
Exemplar ainda por abrir, mas com alguma acidez generalizada.

10,00 €
7734

PIRES (JACINTO LUCAS) - SAGRADA FAMÍLIA
Teatro.
Cotovia. Lisboa. 2010. In-8º de 108-VI págs. Br.
Exemplar como novo.

10,00 €
2286

PONCELA (ENRIQUE JARDIEL) - OBRAS TEATRALES ESCOGIDAS
Con una nota preliminar.
M. Aguilar, Editor. Madrid. 1948. In-8º peq. de 1126 págs. Enc.
Compilação em papel bíblia da obra teatral completa de Poncela numa das apreciadas edições da Aguilar.
Com um retrato do autor em folha à parte.
Encadernação editorial inteira em pele verde (chagrin), decorada com bonitos ferros a ouro.
Bom exemplar. Com assinatura de posse na primeira página em branco.

40,00 €
7198

REBELLO (LUIZ FRANCISCO) - O PRIMITIVO TEATRO PORTUGUÊS
Instituto de Cultura Portuguesa. 1977. In-8º de 118-II págs. Br.
1ª edição, publicada na estimada colecção "Biblioteca Breve", volume 5.
Bom exemplar.

10,00 €
7180

REBELLO (LUIZ FRANCISCO) - O TEATRO NATURALISTA E NEO-ROMÂNTICO (1870-1910)
Instituto de Cultura Portuguesa. 1978. In-8º de 135-V págs. Br.
Título publicado em 1º edição na apreciada "Biblioteca Breve", volume 16.
Exemplar como novo.

Portes por correio registado incluídos no preço. De todas as importâncias pagas, passamos factura/recibo, com NIF se o cliente no-lo solicitar.

10,00 €
7203

REBELLO (LUIZ FRANCISCO) - O TEATRO ROMÂNTICO (1838-1869)
Instituto de Cultura Portuguesa. 1980. In-8º de 146-VI págs. Br.
Título publicado em 1º edição na apreciada "Biblioteca Breve", volume 51.
Exemplar como novo.

10,00 €
7156

REBELLO (LUIZ FRANCISCO) - O TEATRO SIMBOLISTA E MODERNISTA
(1890-1939).
Instituto de Cultura Portuguesa. 1979. In-8º de 134-VI págs. Br.
Título publicado em 1º edição na apreciada "Biblioteca Breve".
Exemplar como novo.

10,00 €
2431

RÉGIO (JOSÉ) - A SALVAÇÃO DO MUNDO
Tragicomédia em três actos.
1954. Editorial Inquérito Limitada. Lisboa. In-8º de 304-II págs. Enc.
Primeira edição.
Encadernação inteira em sintético. Conserva a capa de brochura embora o exemplar esteja aparado por inteiro.

20,00 €
6494

RÉGIO (JOSÉ) - A SALVAÇÃO DO MUNDO
Tragicomédia em três actos.
1954. Editorial Inquérito Limitada. Lisboa. In-8º de 304-II págs. Br.
1ª edição do IV volume da série "Teatro de José Régio".
Bom exemplar, inteiramente por abrir.

50,00 €
6748

RÉGIO (JOSÉ) - A SALVAÇÃO DO MUNDO
II. Teatro.
Portugália Editora. 1968. In-8º de 248-XII págs. Br.
2ª edição, com capa de João da Câmara Leme, inegrada na série "Obras completas".
Exemplar inteiramente por abrir mas com algumas nódoas de acidez nas capas da brochura e lombada ligeiramente escurecida.

10,00 €
4162

RÉGIO (JOSÉ) - BENILDE OU A VIRGEM-MÃE
Drama em três actos.
Portugália. [1947]. In-8º de 181-III págs. Br.
Título II do "Teatro de José Régio".
Manoel de Oliveira baseando-se nesta peça de Régio, escreveu o argumento e realizou, em 1974, "Benilde ou a Virgem-Mãe".
Exemplar em muito razoável estado de conservação; a lombada tem pequena falha no topo.

20,00 €
6501

RÉGIO (JOSÉ) - BENILDE OU A VIRGEM-MÃE
Drama em três actos.
Livraria Portugália. Porto. [1947]. In-8º de 181-III págs. Br.
Título II do "Teatro de José Régio".
Manoel de Oliveira baseando-se nesta peça de Régio, escreveu o argumento e realizou, em 1974, "Benilde ou a Virgem-Mãe".
Exemplar em muito razoável estado de conservação, com ínfima acidez.

20,00 €
11183

RÉGIO (JOSÉ) - EL-REI SEBASTIÃO
Poema espectacular em três actos.
Atlântida. Coimbra. MCMXLIX [1949]. In-8º de XV-189-III págs. Br.
1ª edição desta peça de Régio, inserida na série "Teatro de José Régio".
Invulgar e em bom estado de conservação.

30,00 €
4659

RÉGIO (JOSÉ) - PRIMEIRO VOLUME DE TEATRO
Jacob e o Anjo, mistério em três actos, um prólogo e um epílogo. Três máscaras, fantasia dramática em um acto. Post-Fácio.
[Porto. Imprensa Portuguesa. 1940]. In-8º gr. de 163-III págs. Br.
Capa ilustrada com belo desenho de Júlio.
Primeira edição, INVULGAR.
Exemplar em muito razoável estado de conservação; lombada com ínfimas imperfeições e capas da brochura com mancha provocada por exposição solar. A capa anterior está parcialmente solta. O miolo está em bastante bom estado.

300,00 €
286

REIS (LUCIANO) - BEATRIZ COSTA
Fiel a si mesma.
Produções Editoriais, Lda. Lisboa. 2008. In-8º de 135 págs. Br.
Interessante obra sobre a actriz portuguesa mais querida e popular de sempre. Ilustrado com várias fotografias.

7,50 €
7516

ROCHA (SOUSA) & BENJAMIN (MANUEL) - NÃO LHE BULAS...
Theatro Carlos Alberto. Empreza A. Miranda. COPLAS da Revista do anno de 1906. Em 3 actos e 12 quadros. Letra de SOUZA ROCHA, musica de Manuel Bejnjamin
Rio de Janeiro. Typ. da Pap. Portella. 1906. In-8º de 32 págs. Br.
Exemplar em bastante bom estado de conservação.
RARO.

15,00 €
7625

ROIG (ADRIEN) - O TEATRO CLÁSSICO EM PORTUGAL NO SÉCULO XVI
Instituto de Cultura e Língua Portuguesa. Lisboa. 1983. In-8º de 150-VI págs. Br.
1ª edição, publicada na estimada colecção "Biblioteca Breve", volume 76.
Bom exemplar.

10,00 €
10398

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - A BATALHA NAVAL
Peça em 3 actos de ... Repertório da Sociedade de Escritores e Compositores Teatrais Portugueses.
Prelo. Lisboa. 1970. In-8º peq. de 72-II págs. Br.
Título décimo da colecção "SECTP", valorizado com dedicatória intimista do autor.
Em bom estado de conservação.
INVULGAR.

25,00 €
11117

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - A ESCOLHA ACERTADA E OUTROS ESCRITOS
Hugin. Lisboa. 2000. In-8º gr. de 150-II págs. Br.
Título publicado em 1ª edição na "Colecção Dramaturgia", sob a orientação de Luiz Francisco Rebello.
Exemplar em bom estado geral de conservação, valorizado com dedicatória intimista do Autor.

20,00 €
11302

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - ÁRVORES VERDES ÁRVORES
Desenhos de Cristina Malaquias.
Plátano Editora. Lisboa. S/d [1980?]. In-8º de 43-I págs. Br.
Décimo terceiro título da colecção "Plátano de Abril".
Em bom estado de conservação. Assinatura de posse no anterrosto.

10,00 €
10440

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - O DESCONCERTO
Peça em um acto.
Moraes Editores. Lisboa. 1981. In-8º de 35-I págs. Br.
1ª edição, com capa de Vitorino Martins.
Bom exemplar.

10,00 €
10946

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - O DESCONCERTO
Peça em um acto.
Moraes Editores. Lisboa. 1981. In-8º de 35-I págs. Br.
1ª edição, com capa de Vitorino Martins.
Exemplar em bom estado de conservação apresentando alguns sinais de manuseamento e pequena assinatura de posse.

7,50 €
11059

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - O MAR NÃO PRECISA DE POETAS
Hugin - Editores, Lda. Lisboa. 1998. In-8º de 49-III págs. Br.
Título publicado em 1ª edição na "Colecção Nautívagos", ilustrado com desenhos do autor.
Exemplar em bom estado de conservação, valorizado com dedicatória de Salazar Sampaio.

15,00 €
11070

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - O MEU IRMÃO AUGUSTO E AQUI. DE PASSAGEM...
2 Peças de.... Teatro.
Sociedade Portuguesa de Autores. Publicações Dom Quixote. Lisboa. 1995. In-8º de 174 págs. Br.
Exemplar em bom estado de conservação, valorizado com dedicatória do autor.

20,00 €
11298

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - O VIAJANTE IMÓVEL
Plátano Editora. Lisboa. 1979. In-8º de 121-III págs. Br.
1ª edição, com capa e arranjo grafico de Daniel Dias, publicada na colecção "poliedro".
Em bom estado de conservação, valorizado com DEDICATÓRIA DO AUTOR.

20,00 €
11005

SAMPAIO (JAIME SALAZAR) - TEATRO, AINDA
Hugin - Editores, Lda. Lisboa. 1998. In-8º de 223 págs. Br.
Título publicado na "Colecção Dramaturgia", sob orientação de Luiz Francisco Rebello.
Exemplar em bom estado de conservação, valorizado com dedicatória intimista do autor.

20,00 €
6368

SANTARENO (BERNARDO) - ANTÓNIO MARINHEIRO
(O Édipo de Alfama). Peça em 3 actos.
Divulgação. Edição do autor. Porto. [1960]. In-8º de 116-I págs. Br.
1ª edição de uma das mais conhecidas peças de Bernardo Santareno (1920-1980).
Capa de António Emílio Teixeira Lopes.
Exemplar em muito razoável estado de conservação, com marcas de fita-cola no anterrosto e última página em branco.

10,00 €
7454

SANTARENO (BERNARDO) - ANTÓNIO MARINHEIRO
(O édipo de Alfama). Peça em 3 actos.
Divulgação. Edição do autor. Porto. [1960]. In-8º de 116-I págs.Br.
1ª edição de uma das mais conhecidas peças de Bernardo Santareno (1920-1980), com capa de António Emílio Teixeira Lopes.
Exemplar em muito razoável estado de conservação, com ínfimos sinais do tempo. As págs. 25 a 28 apresentam um defeito de impressão no canto inferior que não prejudica a leitura do texto.

10,00 €
4252

SANTARENO (BERNARDO) - TEATRO
A promessa. O Bailarino. A excumungada.
[Edição do autor]. Lisboa. 1957. In-8º de 330-VI págs. Br.
Primeira edição, invulgar.
Exemplar em razoável estado de conservação; apresenta alguns picos de acidez e a capa anterior da brochura tem pequena falha de papel na parte superior.

15,00 €
7186

SASPORTES (JOSÉ) - TRAJECTÓRIA DA DANÇA TEATRAL EM PORTUGAL
Instituto de Cultura Portuguesa. 1979. In-8º de 97-III págs. Br.
1ª edição, publicada na estimada colecção "Biblioteca Breve", volume 55.
Bom exemplar.

10,00 €
11043

SASTRE (ALFONSO) - ESQUADRA PARA A MORTE. A MORDAÇA. O CORVO.
Três peças de Alfonso Sastre. Tradução de Egito Gonçalves. Prefácio de Luís Francisco Rebelo. Posfácio de Alfonso Sastre. Capa e arranjo gráfico de Amândio Silva.
Livraria Divulgação. Porto. 1961. In-8º peq. de 173-III págs. Br.
1ª edição portuguesa.
Em bom estado geral de conservação.

12,50 €
5759

SEQUEIRA (GUSTAVO DE MATOS) - TEATRO DE OUTROS TEMPOS
Elementos para a história do Teatro português.
Lisboa. 1933. In-4º de 444-IV págs. Enc.
Estimado trabalho de Gustavo de Matos Sequeira (1880-1962), ilustrado com 8 estampas impressas em folhas à parte, incluindo um retrato do autor.
Bonita e elegante encadernação com lombada em pele. Conserva as capas da bochura e está apenas ligeiramente aparada e carminada à cabeça.
Exemplar em bastante bom estado geral de conservação; tem pequena e antiga mancha de humidade, já muito desvanecida, que afecta o canto superior de metade do volume, sem nunca ofender a mancha tipográfica.
INVULGAR.

100,00 €
2391

SÉRGIO (ANTÓNIO) - ANTÍGONA
Drama em três actos.
Edição da República. Porto. 1930. In-8º peq. de 123 págs. Br.
Primeira edição de uma das mais invulgares obras de António Sérgio.
Exemplar com alguns picos de acidez, próprios da qualidade do papel, e com a lombada danificada.

25,00 €
8572

SIMÕES (J. SANTOS) [COORD.] - O TEATRO DOS ESTUDANTES DE COIMBRA NO BRASIL
50 anos depois 1951-2001.
[Gráfica Covense. Guimarães]. S/d [2001?]. In-8º de 49-I págs. Br.
Capa assinada por Tossan.
Exemplar em bom estado de conservação; tem dedicatória que não sabemos identificar.

7,50 €
1615

TCHÉKOV (ANTON) - O TIO VÂNIA
Edição do Círculo de Cultura Teatral. Porto. [1960]. In-8º de 77-VI págs. Br.
Peça em 4 actos. Encenação e arranjo de cena de João Guedes.
Uma das estimadas edições do TEP.

7,50 €
1323

TEATRO E TRADUÇÃO: PALCOS DE ENCONTRO
Organização de Maria João Brilhante e Manuela Carvalho.
Campo das Letras. Porto. 2007. In-8º de 413-III págs. Br.
Em bom estado geral de conservação.

10,00 €
1421

THEATRO ACADEMICO
Aviso aos socios e accionistas do Theatro Academico// Hoje, quarta feira, 6 de Maio// Recita em beneficio d'um estudante (...).
Quarta Feira, 6 de Maio [anos 80/90 do sec. XIX].
Folheto publicitário do Teatro Académico de Coimbra.
Em óptimo estado de conservação.

10,00 €
1422

THEATRO ACADEMICO
Sarau Litterario-Dramatico-Musical// Em beneficio da Sociedade Philantropico-Academica// Segunda feira 10 de Novembro (...)
[Imprensa Progresso]. S/d [anos 80/90 do sec. XIX].
Folheto publicitário do Teatro Académico de Coimbra.
Em óptimo estado de conservação.

10,00 €
7571

VASCONCELOS (CAROLINA MICHAELIS DE) - NOTAS VICENTINAS
Preliminares duma edição crítica das obras de Gil Vicente. NOTAS I a V incluindo a introdução à edição facsimilada do Centro de Estudos Históricos, de Madrid.
Edição da revista "Ocidente"- Lisboa. [1949]. In-4º de IV-660-II págs. Br.
Estudo de referência no âmbito da temática vicentina, ilustrado com várias reproduções de portada de edições primitivas.
O nosso exemplar pertence à RARA TIRAGEM ESPECIAL DE 100 EXEMPLARES NUMERADOS (ex. nº 51) E RUBRICADOS PELO NETO DA AUTORA.
Em excelente estado de conservação, inteiramente por abrir. O anterrosto tem ínfimo rasgão que não compromete em nada a mancha impressa.

75,00 €
6706

VAZ (DR. ARTUR GUILHERME TRIGO) - O PASSADO E O PRESENTE
Revista em 2 actos e 10 quadros. 2ª edição.
Câmara Municipal de Vila Flor. 1994. In-8º de 163-I págs. Br.
Trigo Vaz (n. 1919) é médico de profissão, tendo sido, entre muitos outros cargos, presidente da câmara de Vila Flor.
Tiragem de 1000 exemplares.
Exemplar como novo.

10,00 €
6335

VENTURA (FRANCISCO) - AUTO DA JUSTIÇA
Teatro de Francisco ventura.
Lisboa. 1960. In-8º de 129-III págs. Br.
Infopédia: "Escritor português nascido a 16 de fevereiro de 1910, em Gavião, e falecido a 26 de agosto de 1994. Com 23 anos, foi trabalhar para Lisboa, como empregado comercial, tendo depois conseguido tirar o curso comercial do Ateneu de Lisboa. Desenvolveu a atividade profissional de empregado de escritório e colaborou em diversas publicações periódicas. Depois de uma incursão pela poesia, dedicou-se à carreira teatral, contando vários textos situados na convergência do auto da tradição vicentina com o teatro de inspiração rústica eivado por uma intenção pedagógica e moralizante".
Capa de Silvina Vieira.
Exemplar inteiramente por abrir, apresentando alguma acidez sobretudo ao nível das capas da brocura.

10,00 €
3486

VICENTE (GIL) - AUTO CHAMADO FARSA DOS FÍSICOS
Com um estudo do Prof. Doutor A. da Rocha Brito e desenhos de João Carlos.
Lisboa. MCMXLVI [1946]. [Laboratórios de Bemfica]. In-4º gr. de 141-III págs. Br.
Esta peça de Gil Vicente foi representada pela 1ª vez em 1512; a presente obra foi escrita "segundo o texto da primeira edição".
O estudo introdutório de Rocha Brito, intitulado "A Farsa dos Físicos de Gil Vicente, vista por um médico" ocupa 90 páginas. As interessantes ilustrações da autoria de João Carlos estão disseminadas ao longo do texto e em folhas à parte.
Tiragem declarada de 2.200 exemplares dos quais somente 200 foram postos à venda "com o propósito de não privar desta obra os bibliófilos portugueses" [os restantes exemplares foram oferecidos à classe médica pelo laboratório responsável pela edição].
Exemplar em muito bom estado de conservação; a capa da brochura tem uma ínfima mancha no canto superior esquerdo.

50,00 €
7599

VICENTE (GIL) - AUTO DA FESTA
Obra desconhecida, com uma explicação prévia pelo Conde de Sabugosa. 2ª Edição.
Lisboa. Depositária: Livraria Ferreira. [Composto e impresso na Typ. do Annuario Commercial]. 1909. In-8º gr. de 129-I-XVIII págs. Enc.
A "Explicação prévia" de Sabugosa extende-se de páginas 7 a 94, a transcrição da obra para português moderno de páginas 95 a 129; finalmente as XVIII últimas páginas comportam o fac-simile da edição quinhentista do "Auto da Festa".
Elegante encadernação com lombada em pele, conservando intactas as capas da brochura.
Exemplar em bom estado de conservação, apresentando alguma natural acidez.
Pouco vulgar.

50,00 €
10446

VICENTE (GIL) - AUTO DA FESTA
Obra desconhecida com uma explicação prévia pelo Conde de Sabugosa. 2ª Edição.
Lisboa. Depositária: Livraria Ferreira. [Composto e impresso na Typ. do Annuario Commercial]. 1909. In-8º gr. de 129-I-XVIII págs. Enc.
A "Explicação prévia" de Sabugosa extende-se de páginas 7 a 94, a transcrição da obra para português moderno de páginas 95 a 129; finalmente as XVIII últimas páginas comportam o fac-simile da edição quinhentista do "Auto da Festa".
Encadernação antiga, simples, com lombada em percalina com dizeres a ouro. Conserva ambas as capas da brochura estando ligeiramente aparado e carminado à cabeça.
Exemplar em bom estado geral de conservação apresentnado alguns normais sinais do tempo. Assinatura de posse no frontispício, datada de 1922.
Pouco vulgar.

20,00 €
7583

VICENTE (GIL) - OBRAS DE GIL VICENTE
TOMO I [a TOMO III].
Lisboa. Escriptorio da Bibliotheca Portugueza. 1852. 3 vols. In-8º peq. de LX-386-II + 527-III + 392-II págs. Enc.
Rara edição das obras de Gil Vicente, integrada na "Bibliotheca Portugueza ou Reprodução dos Livros Nacionaes, escriptos até ao fim do século XVIII".
Encadernações inteiras em pele decoradas com ferros a seco. Conservam as delicadas capas das brochuras e estão apenas aparados à cabeça e carminados.
Bonito conjunto, em bom estado de conservação.

120,00 €
10121

VIDEIRA (A. G.) - NA ESTEIRA DAS NAUS
Comédia em 3 actos.
Lello. Luanda. 1948. In-8º de 157-III págs. Br.
Exemplar em razoável estado de conservação, apresentando diversos sinais de manuseio, acidez e as últimas folhas um pouco engelhadas.
INVULGAR.

20,00 €
6760

VILAÇA (MÁRIO) - TEATRO CONTEMPORÂNEO
Problemas do jogo e do espírito.
Coimbra. 1967. In-8º de 239-I págs. Br.
Obra ilustrada com várias estampas fotográficas impressas em folhas à parte.
Exemplar inteiramente por abrir, mas apresentando alguma acidez e mancha por acção da luz na capa anterior da brochura.

10,00 €
9823

VILAÇA (MÁRIO) - TEATRO CONTEMPORÂNEO
Problemas do jogo e do espírito.
Coimbra. 1967. In-8º de 239-I págs. Br.
Obra ilustrada com várias estampas fotográficas impressas em folhas à parte.
Exemplar inteiramente por abrir, apresentando ínfimos sinais do tempo.

15,00 €
Página produzida pelo programa CaTema, de AFAsoft          © 2009 António F. Amorim